Fale connosco
1

Identificação da Entidade Gestora

Identificação e contacto da sede da entidade gestora (AdC -Águas de Cascais, S.A.) responsável pela gestão e exploração conjunta dos serviços públicos municipais de captação, tratamento e distribuição de água para consumo público, do Concelho de Cascais.

2

Identificação da Fatura

N.º da Fatura: Identifica o número do documento. Este número difere sempre, de fatura para fatura.

Data de Emissão: Data em que a Águas de Cascais emitiu o documento. No exemplo a data de emissão da fatura foi a 12-02-2019.

Data de Vencimento: Data limite de pagamento. Data até à qual o pagamento da fatura deve ser efetuado. No exemplo a data limite para efetuar o pagamento da fatura é o dia 04-03-2019.

3

Área destinada à certificação

A APCER – Associação Portuguesa de Certificação e a IQNet – The International Certification Network, atribuem à Águas de Cascais, desde 2008, a Certificação dos Sistemas de Gestão de Qualidade NP EN ISO 9001, Saúde e Segurança no Trabalho OHSAS 18001 / NP 4397 e Gestão Ambiental NP EN ISO 14001. O âmbito do Sistema compreende as seguintes atividades, desenvolvidas no Concelho de Cascais:

Captação, adução, tratamento e distribuição de água;
Drenagem de águas residuais domésticas;
Manutenção da rede de águas pluviais, nos termos do contrato de concessão.

4

Dados do Contrato

Titular e NIF: Informação respeitante ao titular do contrato (nome e número de informação fiscal).

Tarifário, Contador, Calibre e Local de Consumo: Identificação sobre o local de consumo no que diz respeito à morada, tipo de tarifário aplicado, tipo de contador instalado).

Entidade nº: Número que identifica o titular do contrato. A mesma Entidade pode ter vários contratos, cada um com um número de cliente diferente.

Nº de Cliente: Este é o número que o vai identificar nos contactos que pretenda fazer com a Águas de Cascais. Por este motivo deve tê-lo sempre presente. O número de Cliente nunca muda ao longo do seu contrato.

5

Nome e morada para envio das faturas

Identificação do titular do contrato e da morada para a qual são enviadas as faturas.
A morada para envio de faturas pode ser diferente da morada do local de consumo.
No exemplo ilustrado, a morada para envio de faturas é diferente da morada de consumo. Apesar do local de consumo ser em S. Domingos de Rana, a morada para onde são enviadas as faturas é em Lisboa.

6

Período para comunicação de leitura

Neste campo vai encontrar o período ideal para comunicar a leitura do seu contador. Importante: Quando comunicar a leitura, não se esqueça de mencionar o seu número de cliente (consulte a legenda 4 deste tutorial para conseguir identificar o seu número de cliente).

No caso ilustrado, o período ideal para comunicar a leitura seria entre os dias 9 e 11 de março de 2019.

Consulte no Helpcenter:
Qual a melhor forma para comunicar a leitura?
Porque é que a leitura que comuniquei não foi considerada na fatura?

7

Contactos da Águas de Cascais

Nesta área encontram-se os vários canais de comunicação disponibilizados pela Águas de Cascais para o contacto com os Clientes.

8

Valores da fatura dos serviços do ambiente

Mais do que uma conta da água, a fatura Águas de Cascais reflete um conjunto de serviços prestados aos Clientes e ao Ambiente.
Neste campo, para além dos custos com os serviços prestados pela Águas de Cascais, vai encontrar o resumo das rúbricas que dizem respeito aos serviços de terceiros e cujas receitas, apesar de faturadas via Águas de Cascais, são entregues, na íntegra, às entidades referidas, constituindo-se, neste caso, a Águas de Cascais, mero intermediário no processo de faturação.

Valor a pagar: Relativo apenas à fatura atual e resulta do somatório de todas as parcelas da fatura.

No exemplo: Água 14,74€ (Águas de Cascais) + Saneamento 10,92€ (Águas de Cascais) + Resíduos 6,45€ (Câmara Municipal de Cascais) + Outros 2,52€ (Diversas Entidades)= Total 34,63€.

Data limite de pagamento: Data até à qual o pagamento da fatura deverá ser efectuado.

No exemplo: a data limite para efectuar o pagamento da fatura é o dia 04-03-2019.

9

Área reservada à publicidade

10

Resumo da Fatura dos Serviços do Ambiente

Custo diário da água: Valor relativo ao consumo diário de água.
No exemplo o custo diário com a água foi 0,21€.

Consumo/dias: Volume de água consumida em m³/nº dias do período de faturação.
No exemplo, foram consumidos 10m³ no período de 31 dias.

11

Conta Cliente

Neste espaço, poderá consultar quais os documentos ativos/em aberto, relativos a este local de consumo.

Fatura Atual: Valor a pagar relativo à liquidação da fatura atual. No exemplo, a fatura atual tem o valor de 34,63€.
Nº Crédito: Valor que se encontra pendente para crédito relativo a documento(s) anterior(es). No exemplo, existem duas notas de crédito, cada uma com o valor de 1€. Este valor será tomado em linha de conta, no cálculo total do valor a pagar/receber.

Faturas anteriores: Valores que se encontram pendentes para pagamento relativo a fatura(s) anterior(es). No exemplo, existe uma fatura anterior a pagar no valor de 10€. Este valor será tomado em linha de conta, no cálculo total do valor a pagar/receber.

Outros documentos por regularizar: Relativo a outros valores que se encontrem pendentes de regularização. No exemplo, não existem outros documentos pendentes.

Total a Pagar: Valor final a pagar/receber, depois de calculados/considerados os valores a débito, a crédito e valor da fatura atual. No exemplo o cálculo será 34,63€ (fatura atual) – 1€ Nota de Credito – 1€ Nota de Crédito + 10€ (fatura anterior em dívida)= 42,63€

Importante: Na Conta Cliente não são refletidos os documentos que tenham dado origem a um aviso de corte com data ainda não vencida ou que ainda estejam em análise de contas.

12

Campo de Mensagens

Campo destinado a mensagens de carácter genérico ou personalizadas por Cliente. Esteja atento.

13

Dados para Pagamento

Pagamento por Débito Direto (SEPA):
Identificação do Credor – Identificação do credor Águas de Cascais. Esta é a designação habitualmente utilizada no âmbito da SEPA (Single Euro Payments Area/ Área Única de Pagamentos em Euros).

IBAN: Número da conta através da qual é feito o pagamento das faturas. O IBAN (International Bank Account Number) é composto pelo antigo NIB (Número de Identificação Bancária), precedido pelo código de país (PT) e por dois dígitos de controlo (no caso português, estes dígitos são sempre ‘50’). É composto por 25 dígitos.

Valor a Pagamento: Valor total que se encontra a pagamento. Pode refletir apenas o valor da fatura atual ou incluir valores de documentos anteriores ainda não liquidados.

Débito a partir de: Data a partir da qual pode ser efetuado o débito na conta referida.

Pagamento em agentes Payshop, Multibanco, Lojas CTT, Postos de Correio ou nas Lojas Águas de Cascais:
Referência rede Multibanco nº 1 (inclui homebanking) relativa ao pagamento do valor da fatura atual.
No exemplo o valor a pagar será de 34,63€.

Referência rede Multibanco (inclui homebanking) relativa ao pagamento do valor total da Conta Cliente (ver legenda 11). Esta será sempre a opção mais aconselhada, de forma a evitar eventuais suspensões no fornecimento de água e custos associados por falta de pagamento.
No exemplo o valor apresentado foi calculado considerando 34,63€ (fatura atual) – 1€ Nota de Credito – 1€ Nota de Crédito + 10€ (fatura anterior em dívida)= 42,63€

Importante: A cada referência Multibanco está associada uma data de validade até à qual pode efetuar os respetivos pagamentos. Ultrapassada esta data limite, não será possível a emissão de uma nova referência, devendo o pagamento ser efetuado através dos demais canais disponíveis. No exemplo, a data limite para qualquer das duas referências Multibanco é o dia 04-03-2019.

Código de Barras para pagamento da fatura na rede de agentes Payshop.

Consulte no Helpcenter:
Como altero a minha forma de pagamento?
Como adiro ao pagamento por débito direto?

14

Histórico de Leituras e Consumos

A tabela informa se existe alguma leitura efetuada pelo Cliente ou Empresa, subjacente à fatura atual, com as datas e volumes (m³) lidos entre a última fatura emitida até ao documento atual bem como o registo de outras leituras decorridas no período de faturação (Intervalo do tempo a que se refere esta fatura), consideradas para o cálculo do seu consumo.
No exemplo, existe um registo de leitura feita pelo cliente de 7m³ no dia 05-02-2019. Há igualmente uma referência a uma leitura feita por um leitor da Empresa de 10m³.  

Consulte no Helpcenter:
Porque é que a minha fatura apresenta um consumo real + estimativa?
Porque é que a leitura que comuniquei não foi considerada na fatura?
Como são calculadas as estimativas?
Qual a melhor forma para comunicar a leitura?

15

Consumo Faturado

Histórico dos consumos faturados nos últimos 12 meses. É expresso em volume (m³).

16

Área destinada aos selos de qualidade

No passado dia 22 de novembro, a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços e água e Resíduos, voltou a distinguir a Águas de Cascais pela excelência da qualidade da água fornecida ao Concelho de Cascais.

Com esta iniciativa, evidencia-se a existência de um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores, no caso, a qualidade de água exemplar para consumo humano, reconhecimento que a Águas de Cascais tem vindo a obter nas edições anteriores deste Selo de Qualidade.

Para saber mais sobre estes Selos, consulte o link: Selos da Qualidade ERSAR 2018

17

Período Faturado (Período de Faturação)

Período de Faturação: Intervalo do tempo a que se refere esta fatura. É expresso em nº de dias.

Nota: Pode não ser fácil perceber o período que está associado à uma emissão de uma fatura, sempre que estejam a ser também considerados períodos estimados. Por este motivo, este espaço explica de forma detalhada os períodos que estão subjacentes à emissão da fatura atual com referência aos respetivos volumes (m³).
No caso ilustrado, trata-se de uma fatura mensal, já que o período de faturação reflete 31 dias (de 11 de janeiro a 11 de fevereiro de 2019). É com base nestas datas que são calculadas as tarifas fixas (Tarifa de Disponibilidade, Tarifa de Saneamento Fixo e RSU Fixo).

18

Fatura dos Serviços de Ambiente – Detalhe

Nesta área poderá identificar o detalhe de todos os itens apresentados de forma resumida no ponto 8 e identificar a que entidade se destina o proveito desses valores.

1. Água:
a) Água: É a componente variável/volumétrica da tarifa, traduz o volume de água consumida (m³) e é expressa de forma progressiva de acordo com os seguintes escalões de consumo (m³ por cada 30 dias):
1.º Escalão: 0 até 5;
2.º Escalão: 6 e até 15;
3.º Escalão: 16 e até 25;
4.º Escalão:> a 25.

Como são calculados os escalões:
Período de faturação:
31 dias (nº de dias entre 11 de janeiro e 11 de fevereiro).
Consumo: 10m³
Tarifas: Consultar tarifário em vigor.

Calcular o 1º Escalão (0 até 5m³/mês):
Fórmula: 5m³/30 dias*período de faturação
Exemplo da fatura:
5m³/30 dias * 31 dias= 5,2m³
5,2m³ * valor do 1º escalão= 5,2m³*0,5390€= 2,8€

Calcular o 2º Escalão (6 até 15m³/mês):
Formula: Volume total do consumo – Volume do 1º escalão
Exemplo da Fatura:
10m³ – 5,2m³=4,8m³
4,8m³ * valor do 2º escalão= 4.8m³ * 0,8007€=3,84€

b) Calcular a Tarifa de Disponibilidade: É a componente fixa da tarifa e reflete os custos que a Empresa tem com a gestão, manutenção e ampliação da rede de distribuição de água. É expressa em euros por cada 30 dias. Veja qual o calibre do seu contador no campo 4.

1º – Apurar o valor diário da tarifa
Fórmula: Valor correspondente ao calibre do contador *12meses/365dias.
Exemplo da Fatura:
7,9369€ (tarifa contador 20mm) * 12 meses/365 dias= 0,2609€

2º- Apurar a Tarifa de Disponibilidade
Fórmula: Período de faturação * Valor diário da tarifa
Exemplo da Fatura:
31 dias * 0,2609€= 8,09€

2. Saneamento:
a) Saneamento Variável: É a componente variável da tarifa, apresenta-se em percentagem e é calculada em função do volume de água faturada durante o período de faturação.

Como é calculado: Formula: 90% do valor da água consumida
Exemplo da Fatura:
90% de (2.8€+3.84€)= 90% de 6,64€= 5,98€

b) Saneamento Fixo: É a componente fixa da tarifa e é apurada em função do período de faturação e é expressa em euros por cada trinta dias. Veja qual o calibre do contador no campo 4.

Fórmula: (Valor calibre contador instalado * 12 meses / 365 dias)* nº dias do período de faturação.
Exemplo da Fatura:
(4,8478€*12meses /365dias=0.1594€) *31= 4,94€

Dedução de Estimativas:
Dedução de estimativas é uma devolução dos valores que foram anteriormente estimados por ausência de leitura. Sempre que for emitida uma fatura que inclua uma estimativa, os valores de consumo de água e respetivas tarifas variáveis serão deduzidos/devolvidos na fatura seguinte emitida com leitura real, sendo o escalonamento adaptado ao respetivo período de leitura.

3. Resíduos
RSU Variável e Fixo (Resíduos Sólidos Urbanos): Receita da Câmara Municipal de Cascais (CMC).
Caracteriza-se por uma componente fixa (RSU FIXO), expressa em euros por cada 30 dias e uma componente variável (RSU VARIÁVEL), expressa em euros e calculada em função do volume (m³) de água faturada.

Calcular RSU Variável:
Fórmula: 32% do valor da água consumida
Exemplo da Fatura:
32% de (2.8€+3.84€)= 32% de 6,64€= 2.13€

Calcular RSU FIXO:
Fórmula: (Valor tarifário CMC * 12 meses / 365 dias) * nº dias do período de faturação.
Exemplo da Fatura:
(4,2413€*12meses/365dias=0.1394) *31 dias = 4,32€

Saiba mais em www.cm-cascais.pt.

4. Outros:
Nesta área pode encontrar-se a descrição de outros serviços prestados pela Águas de Cascais relativos a Água e/ou Saneamento.
É também nesta área que figuram as rúbricas que dizem respeito aos serviços prestados por terceiros e cujas receitas, apesar de faturadas via Águas de Cascais, são entregues, na íntegra, às entidades referidas, constituindo-se, neste caso, a Águas de Cascais, mero intermediário no processo de faturação:
Taxa de Controlo da Qualidade da Água: Receita da Entidade Reguladora de Água e Resíduos (ERSAR). Taxa relativa à regulação da qualidade da água para consumo humano, pela ERSAR.

Fórmula: Valor por m³ * volume de água consumida
Exemplo da Fatura:
0,0020€ * 10m³= 0,02€

TRH Água (Taxa de Recursos Hídricos Abastecimento de Água) e b) TRH Saneamento (Taxa de Recursos Hídricos Águas Residuais Domésticas): Receitas da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

TRH Água
Fórmula: Valor por m³ * volume de água consumida
Exemplo da Fatura:
0,0323€ * 10m³= 0,32€

TRH Saneamento
Fórmula: Valor por m³ * volume de água consumida
Exemplo da Fatura:
0,0219€ * 10m³= 0,22€

A taxa de recursos hídricos é um instrumento económico e financeiro que prevê compensar o benefício que resulta da utilização privativa do domínio público hídrico, o custo ambiental inerente às atividades suscetíveis de causar um impacte significativo nos recursos hídricos, os custos administrativos inerentes ao planeamento, gestão, fiscalização e garantia da quantidade e qualidade das águas, bem como contribuir para a sustentabilidade dos serviços urbanos de águas, com vista a promover o acesso universal à água e ao saneamento, a um custo socialmente aceitável. Saiba mais em www.apda.pt

IVA: Imposto sobre o Valor Acrescentado. O IVA pode assumir valores diferentes dependendo do tipo de produto/serviço que esteja em causa. Neste campo encontram-se as rúbricas relativas a proveitos do Ministério das Finanças – Direção Geral dos Impostos.

19

Informação Legal

Nestes campos poderá encontrar a informação simplificada sobre os resultados da qualidade da água, do saneamento de águas residuais urbanas e sobre a distribuição do encaminhamento dos resíduos urbanos.