Mensagem de www.aguasdecascais.pt: Para receber informação sobre eventuais interrupções de abastecimento, actualize os seus contactos aqui.

X

Poluição Zero

Projeto Poluição Zero

Ligações de redes prediais de esgotos a redes prediais pluviais

A maior parte de nós acredita que a poluição que detetamos nas ribeiras e linhas de água é oriunda de fábricas ou indústrias. Este pensamento é totalmente errado. Grande parte dos focos de poluição destas ribeiras e linhas de água, são oriundos das redes prediais das nossas próprias casas.

Por isso, é importante garantir que em sua casa, o sistema predial de esgotos está corretamente ligado à rede pública de águas residuais domésticas. O proprietário pode não ser responsável pelo facto da ligação em sua casa não estar bem executada, mas é da sua responsabilidade verificar se existem anomalias e garantir que o problema é devidamente corrigido.

As ligações entre redes prediais de esgotos e redes prediais pluviais (sumidouros, algerozes, grelhas, etc.), para além de serem claros focos de poluição, são, sobretudo, ligações ilegais. 

Má utilização da rede de saneamento - Ajude-nos a evitar entupimentos e maus cheiros

É importante saber como se deve utilizar corretamente a rede de saneamento. Ajude-nos a evitar o entupimento da rede de saneamento, utilizando corretamente a canalização de sua casa. Veja nesta página em "Informação relacionada" alguns dos conselhos que deve ter em conta.

Exemplos de focos de poluição em linhas de água, originados por ligações indevidas em sistemas prediais:

Ligação de redes prediais pluviais a redes prediais de esgotos

Outro grande problema ocorre quando são identificadas ligações da redes prediais pluviais às redes prediais de esgotos. 

A rede pública de saneamento está dimensionada para recolher um determinado caudal de esgoto (caudal de proveniencia doméstica). Se existirem ligações indevidas do sistema predial pluvial a este sistema, nos dias de maior pluviosidade, o caudal aumenta e podem ocorrer deficiências no respetivo escoamento do sistema, originando consequentes inundações (na via pública e até dentro das próprias habitações).

Assumindo este projeto de caráter prioritário, a Águas de Cascais tem em prática, desde há três anos, um procedimento rigoroso de deteção de anomalias, cujas ações passam pela realização de inspeções periódicas às redes públicas de águas residuais domésticas e pluviais e posteriormente às redes prediais.

Loja do Cliente